bootstrap html templates

Cursos Espirituais

Objetivando orientar o homem de acordo com os desígnios da Misericórdia divina, essa obra é merecedora de leitura e estudo para os que buscam compreender nosso mundo. Emmanuel narra a história da humanidade sob a luz do Espiritismo, apresentando-nosacontecimentos e experiências que vão desde a gênese planetária até as perspectivas para o futuro da Humanidade, elucidando-nos a posição e a importância do Evangelho do Cristo diante da ciência, das religiões e das filosofias terrenas.

O Apóstolo Pedro disse: “Busque a paz e siga-a”.

Todos nós ansiamos pela paz. Fazemos passeatas, mobilizamos amigos, engajamo-nos em campanhas… No entanto, lembra o benfeitor Emmanuel: “Há muita gente que busca a paz; raras pessoas, porém, tentam segui-la.”

Eis a dificuldade: seguir o caminho da paz. Nosso Mestre Jesus já nos alertara quanto aos nossos descaminhos, quando afirmou: “A minha paz vos deixo. A minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá.” Realmente, a paz do Cristo é diferente da paz do mundo. Durante milênios, até os dias de hoje, temos chamado de período de paz aquele em que nos preparamos para novas guerras, em completo desacordo com os ensinamentos do Cristo.

E por que é tão difícil seguir o verdadeiro caminho da paz?



Chico Xavier aponta-nos com clareza onde está a diferença:

“A paz em nós não resulta de circunstâncias externas e, sim, da nossa tranquilidade de consciência no dever cumprido.”
Tudo gira em torno disto: o mundo não nos pode dar a paz, porque, antes de qualquer coisa, ela significa conquista interior. É o indivíduo que dá paz ao mundo, construindo-a dentro do coração através do dever retamente cumprido.

Na escola fomos informados que a menor distância entre dois pontos é a linha reta. Na cidade grande nem sempre podemos usar esse conceito, embora hoje exista a opção dos helicópteros, que nos permite alcançar o objetivo muito mais rapidamente.

Da mesma forma, o ser humano, como espírito imortal que é, espera alcançar uma vida melhor no futuro. A maioria busca a recompensa no céu, esperando receber no dia de amanhã a paga pelos sofrimentos e pelas boas ações que fez na vida terrena.

Assim como no exemplo dado acima, há muitos caminhos para trilhar, uma gama enorme de opções que nos são apresentadas por centenas de religiões diferentes, por diversas filosofias e pelos caminhos da ciência. Ao analisarmos a quantidade enorme de caminhos, a maioria deles prometendo a salvação, nos lembramos dos regatos, dos rios caudalosos e dos pequenos riachos. Todos esses cursos d´água caminham em direção ao grande oceano, e vão se unindo pelo caminho como afluentes uns dos outros, até finalmente desembocarem no mar, atingindo o seu objetivo final.

Isso quer dizer que todos os caminhos alcançam um dia o seu objetivo, e a meta do ser humano é buscar Deus e a felicidade. Todos chegarão lá, a diferença é apenas o tempo que levam para isso, um tempo muito longo ou um tempo mais breve, havendo uma variedade infinita de maneiras de se chegar a esse objetivo. 

Nos mande uma mensagem:

© Copyright 2020 - Faculdade Futuro Inovador - Todos os Direitos Reservados.